A Hora do Espanto

A Hora do Espanto - Layza Vasconcelos (6)

O que é o medo que assombra o cidadão nos tempos de hoje? Qual é a violência que enfrentamos e que nos espanta a todos?

O Grupo Zabriskie Teatro estreia seu mais novo espetáculo: A Hora do Espanto.

A atmosfera é devastadora. Situado 20 anos depois das medidas adotadas pelo Governo em 2016, o cenário é de esgotamento das reservas naturais, uma hedionda concentração de renda e uma massa de miseráveis sem esperança.

O sol, violento demais, corrói e apodrece a carne, em poucas horas e o ar mefítico, acre, faz o nariz sangrar, resseca a boca, os olhos lacrimejam, racha a pele. Ao nível do chão, os animais morrem, homens, mulheres, crianças. Não há tempo para cremar todos os corpos que são empilhados ao pé das montanhas de lixo e excrementos, que circulam e delimitam a cidade.

Dois Bufões, moradores de rua, um ex-engenheiro petroquímico, o outro, uma ex-professora, buscam esperança para sua sobrevivência do lado de fora do Muro de um Condomínio Climatizado.

É nessa atmosfera de distopia que o Grupo Zabriskie se serve do espetáculo A Hora do Espanto para falar de tempos de violência e de Golpe.

O espetáculo tem sido apresentado para os jovens de Ensino Médio das escolas públicas do Setor Pedro Ludovico. Após o espetáculo, os atores Ana Cristina Evangelista e Alexandre Augusto debatem, à luz dos os últimos acontecimentos políticos, com professores e alunos.

Comentários

comments

Powered by Facebook Comments

Voltar para espetáculos

Comentários

comments

Powered by Facebook Comments